Indicador da FGV mostra perda de fôlego na geração de emprego

Indicador-da-FGV-mostra-perda-de-folego-na-geracao-de-emprego.png

Índice mede a expectativa de geração de vagas adiante; em setembro, houve queda de 0,5 ponto

Indicador da FGV mostra a expectativa de geração de vagas: quanto maior o patamar, mais satisfatório o resultado O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV) caiu 0,5 ponto na passagem de agosto para setembro, para 76,4 pontos. O indicador é um termômetro sobre a geração de vagas adiante.

O indicador de desaceleração vem após dados do governo sobre o mercado de trabalho e contratações formais mostrem um bom desempenho sobre a empregabilidade no país. A Pnad de agosto mostrou que a taxa de desocupação de 7,8% é a menor registrada desde fevereiro de 2015.

Rodolpho Tobler, economista do Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/FGV), afirma que o resultado de setembro do IAEmp sinaliza a perda de força. “Mesmo com alguns sinais positivos do ambiente macroeconômico, os efeitos na atividade e, consequentemente, no mercado de trabalho não devem ser tão imediatos. headtopics.com

O desempenho do Produto Interno Bruto surpreendeu no primeiro semestre, com crescimento de 3,7% em relação ao mesmo período de 2022. No entanto, a expectativa é de desaceleração nos próximos meses, já que há os efeitos da política monetária são defasados.

Fonte: veja.abril

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top